15 de Outubro, 2021

Sou uma sobrevivente! Cancro de mama aos 48 anos em 2012 com cirurgia, quimioterapia, radioterapia e todos os efeitos secundários dos tratamentos, mas com força, coragem fé e apoio incondicional da família estou cá. Agora sob vigilância no hospital universitário de Coimbra onde sempre fui muito bem tratada.
Força, coragem e fé para quem está a passar por este terrivel processo